Mensagem do Dia

Seleção diária das melhores mensagens da bíblia

Home >> Mensagem do Dia >> José se revela Gênesis 45.1-28

24/07/2018 - José se revela Gênesis 45.1-28

 

Então José, não conseguindo se conter diante de todos os que estavam com ele, gritou:

— Saiam todos da minha presença!

E ninguém ficou com ele, quando José se deu a conhecer a seus irmãos. E levantou a voz em choro, de maneira que os egípcios o ouviam e também a casa de Faraó. E disse a seus irmãos:

— Eu sou José. Meu pai ainda está vivo?

E seus irmãos não lhe puderam responder, de tão assustados que ficaram diante dele.

E José disse aos seus irmãos:

— Agora cheguem perto de mim.

E eles chegaram. Então ele disse:

— Eu sou José, o irmão de vocês, que vocês venderam para o Egito. Agora, pois, não fiquem tristes nem irritados contra vocês mesmos por terem me vendido para cá, porque foi para a preservação da vida que Deus me enviou adiante de vocês. Porque já houve dois anos de fome na terra, e ainda restam cinco anos em que não haverá lavoura nem colheita. Deus me enviou adiante de vocês, para que fosse conservado para vocês um remanescente na terra e para que a vida de vocês fosse salva por meio de um grande livramento. Assim, não foram vocês que me enviaram para cá, e sim Deus, que fez de mim como que um pai de Faraó, e senhor de toda a sua casa, e como governador em toda a terra do Egito. Voltem depressa para junto de meu pai e digam a ele: “Assim manda dizer o seu filho José: Deus me pôs por senhor em toda a terra do Egito. Venha para junto de mim; não demore. O senhor habitará na terra de Gósen e estará perto de mim — o senhor, os seus filhos, os filhos de seus filhos, os seus rebanhos, o seu gado e tudo o que lhe pertence. Ali eu o sustentarei, porque ainda haverá cinco anos de fome. Do contrário, acabará empobrecendo — o senhor, a sua casa e tudo o que lhe pertence.”

José continuou:

— Eis que vocês mesmos estão vendo, e meu irmão Benjamim vê também, que sou eu mesmo quem está falando com vocês. Anunciem a meu pai toda a minha glória no Egito e tudo o que vocês puderam ver. Vão depressa e tragam o meu pai para cá.

E, lançando-se ao pescoço de seu irmão Benjamim, chorou. E, abraçado com ele, Benjamim também chorou. José beijou todos os seus irmãos e chorou, abraçado com eles. Depois, os seus irmãos falaram com ele.

Fez-se ouvir na casa de Faraó esta notícia: “Chegaram os irmãos de José.” E Faraó e seus oficiais ficaram contentes com a notícia. Então Faraó disse a José:

— Diga aos seus irmãos que façam o seguinte: carreguem os animais e voltem para a terra de Canaã; peguem o pai e as famílias de vocês e venham para junto de mim. Eu lhes darei o melhor da terra do Egito e vocês comerão a fartura da terra.

— Ordene que façam também isto: levem da terra do Egito carretas para trazer os filhinhos e as mulheres de vocês; tragam o pai de vocês e venham. Não se preocupem com as suas coisas, porque o melhor de toda a terra do Egito será de vocês.

E os filhos de Israel fizeram assim. José lhes deu carretas, conforme a ordem de Faraó; também lhes deu mantimento para a viagem. A cada um deles deu roupas novas, mas a Benjamim deu trezentas moedas de prata e cinco roupas novas. Também enviou a seu pai dez jumentos carregados do melhor do Egito, e dez jumentas carregadas de cereais e pão, e mantimento para a viagem do pai. E despediu os seus irmãos. Ao partirem, disse-lhes:

— Não briguem pelo caminho.

Então partiram do Egito e vieram à terra de Canaã, a Jacó, seu pai, e lhe disseram:

— José ainda vive e é governador de toda a terra do Egito.

Com isto, o coração lhe ficou como sem bater, porque não podia acreditar no que diziam. Mas, quando eles lhe contaram tudo o que José havia falado e quando ele viu as carretas que José havia mandado para levá-lo ao Egito, o espírito de Jacó, o pai deles, reviveu. E Israel disse:

— Basta! O meu filho José ainda vive. Irei e o verei antes que eu morra.