Mensagem do Dia

Seleção diária das melhores mensagens da bíblia

Home >> Mensagem do Dia >> Nicodemos visita Jesus João 3.1-21

08/01/2018 - Nicodemos visita Jesus João 3.1-21

 

Havia entre os fariseus um homem chamado Nicodemos, um dos principais dos judeus. Este, de noite, foi até Jesus e lhe disse: 

— Rabi, sabemos que o senhor é Mestre vindo da parte de Deus, porque ninguém pode fazer estes sinais que o senhor faz, se Deus não estiver com ele.

Jesus respondeu: 

— Em verdade, em verdade lhe digo que, se alguém não nascer de novo, não pode ver o Reino de Deus.

Nicodemos perguntou: 

— Como pode um homem nascer, sendo velho? Será que pode voltar ao ventre materno e nascer uma segunda vez?

Jesus respondeu: 

— Em verdade, em verdade lhe digo: quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no Reino de Deus.O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito. Não fique admirado por eu dizer: “Vocês precisam nascer de novo.” O vento sopra onde quer, você ouve o barulho que ele faz, mas não sabe de onde ele vem, nem para onde vai; assim é todo o que é nascido do Espírito.

Então Nicodemos perguntou: 

— Como pode ser isso?

Jesus respondeu:

— Você é mestre em Israel e não compreende estas coisas? Em verdade, em verdade lhe digo que nós falamos do que sabemos e damos testemunho do que vimos, mas vocês não aceitam o nosso testemunho. Se vocês não creem quando falo sobre coisas terrenas, como crerão se eu lhes falar sobre as celestiais? Ora, ninguém subiu ao céu, a não ser aquele que de lá desceu, o Filho do Homem.

— E assim como Moisés levantou a serpente  no deserto, assim também é necessário que o Filho do Homem seja levantado,para que todo o que nele crê tenha a vida eterna.

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito,  para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. Quem nele crê não é condenado; mas o que não crê já está condenado, porque não crê no nome do unigênito Filho de Deus. A condenação é esta: a luz veio ao mundo, mas os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más. Pois todo aquele que pratica o mal detesta a luz e não se aproxima da luz, para que as suas obras não sejam reprovadas.Quem pratica a verdade se aproxima da luz, para que as suas obras sejam manifestas, porque são feitas em Deus.